PUB
mascote
PUB


Virgindade: a penetração machuca quando se é virgem?

Com certeza você ao ver esse tema que pra muitos ainda é tabu ficou curioso! Algumas pessoas costumam ter certo receio quando o assunto é virgindade, especialmente quando ainda são virgens ou nunca tiveram nenhum tipo de relação sexual.

Mas é necessário manter a tranquilidade e ver isso como algo natural da vida, pois, todos um dia passarão por isso. O que podemos adiantar para você é: quanto menos nervoso (a) você ficar, melhor será. É importante não tentar adiantar a perca da virgindade, também!

Neste artigo, explicaremos tudo o que você precisa saber sobre a virgindade, para que o medo desse assunto seja esquecido de uma vez por todas. Contaremos algumas curiosidades acerca do tema e, também, maneiras de você tomar cuidado.

Virgindade: O que é?

Aqui entraremos em um assunto bastante biológico. Basicamente, virgindade é o que nós somos antes que ocorra penetração de um pênis com a vagina. No caso das mulheres, o hímen deixou de ser o grande tabu, e iremos explicar o motivo!

Apesar de a maneira generalizada de se dizer seja a penetração, existem outras formas de perder a virgindade, como por exemplo: com os dedos, com pênis de borracha, com sexo oral, sexo anal, etc. Quando você faz algumas dessas coisas, já pratica sexo.

O início das atividades sexuais geralmente ocorre quando há a penetração vaginal, no entanto, não se resume apenas a isso. Existem outras formas de perder a virgindade, mas as atividades sexuais aumentam depois da penetração.

A penetração machuca quando se é virgem?

A introdução peniana na vagina pode causar certo desconforto inicialmente, especialmente porque seria um corpo que nunca esteve lá antes, portanto, causa a expansão do órgão feminino.

Apesar de a maioria das pessoas ter na mente que a primeira vez sempre vai doer, pode ocorrer de isso não acontecer. Algumas mulheres simplesmente não sentem nada de dor na primeira vez, mas algumas podem sentir bastante dor.

O contato, pela primeira vez, como dissemos, pode fazer com que a mulher se sinta um pouco desconfortável, especialmente porque é a primeira vez, então há o atrito do pênis com a vagina, muitas vezes pode faltar lubrificação, entre outras coisas.

Algo imprescindível para que haja uma boa primeira vez, se o caso for falta de pouca lubrificação e incômodos com o atrito, é o uso de um bom lubrificante. Isso vai fazer com que a mulher não sinta uma primeira vez ruim, conhecendo melhor a sensação inicialmente.

Quanto ao hímen, essa pequena membrana localizada logo na entrada da vagina, é o que gera mais medo entre as mulheres quando se trata da primeira vez! O rompimento dessa membrana não é necessariamente a responsável pela perda da virgindade.

Cada mulher tem um hímen em formato diferente, os corpos variam. Há mulheres que não sangram com o rompimento e outras que sim. Existem, também, mulheres que não experimentam o rompimento, mas ainda assim, fazem sexo com penetração vaginal.

O hímen geralmente sangra em mulheres que têm a vascularização um pouco maior, juntamente com a densidade desse tecido, mas nem sempre ocorre, mesmo que tenham essas características.

Como é possível um hímen nunca se romper?

Esse é um assunto bastante interessante que você provavelmente não sabia, mas vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre isso! Basicamente, o hímen é uma estrutura com uma pequena abertura no centro de sua estrutura.

Além disso, ele também tem a capacidade de se esticar, apresentando uma anatomia que molda a estrutura do pênis. Quanto mais estímulo há, maior a probabilidade de o hímen não se romper e simplesmente se adaptar aos estímulos.

O grande dia (ou não)

Bom, todos nós sabemos que esse dia chega para todos, mas precisamos lhe dizer algo antes. É importantíssimo que a perda da virgindade seja algo consensual, é necessário que seja algo natural. Se você não se sentir bem naquela situação, diga NÃO.

É fundamental que você queira fazer aquilo com a pessoa que se sentir bem e, se você sentir que você e seu parceiro estão na mesma frequência, que os dois querem experimentar aquela experiência juntos, tudo bem... prossiga!

Durante a sua primeira vez, é importante que você esteja calma, relaxada e bem em fazer aquilo. O nervosismo fará com que a sua vagina contraia, fique rígida e isso fará com que você sinta muita dor, dependendo do caso.

Uma boa maneira de aliviar essa barra no dia é apostar nas preliminares, que realmente podem ajudar, e muito! Isso fará com que a sua vontade aumente e, também, que a vagina fique lubrificada, facilitando a penetração.

Quando uma mulher fica excitada, a vagina automaticamente se lubrificará, é algo natural dela. Especialmente na primeira vez, é importantíssimo que haja preliminares ou então, sexo oral, o que irá ajudar na lubrificação.

A importância do uso de preservativos

Um grande problema relacionado a virgindade é o preservativo. Mas por que isso seria um problema se o preservativo é feito para prevenção? – É um problema porque nem toda mulher ou homem utiliza preservativos na primeira vez e nas demais vezes.

O uso de preservativo é imprescindível, pois, seu uso vai evitar que você pegue DST’s ou então, que engravide precocemente. Se você namorar, faça o uso de anticoncepcionais para potencializar a segurança quando o assunto é gravidez.

E a primeira vez para os homens?

Para os homens, não existe aquela preocupação quando a questão é dor, no entanto, existe um motivo muito especial para que se mantenham calmos durante a primeira vez e isso vai evitar que a primeira vez seja um fiasco completo.

Quando se está nervoso, a atividade sexual se torna mecânica, algo pouco prazeroso tanto para você, quanto para a sua parceira. Para você, homem, que deseja perder a virgindade, a dica é que você se mantenha o mais calmo possível.

O nervosismo também pode fazer com que você ejacule antes da hora. Se você manter uma boa conexão com a sua parceira, vai facilitar a experiência de ambos e vocês terão uma ótima primeira vez juntos.

Não crie expectativas, também. Existe um grande problema quando se trata de sexo que é deixar a mente agir com os pensamentos, quando na verdade tudo o que você precisa fazer é sentir aquilo que está fazendo. Apenas sinta e deixe que a sensação os guie!