PUB
mascote
Banner Favoritos
PUB


Conto Erótico: Uma garota entediada

Marjorie estava entediada e decidiu usar um aplicativo de celular para conhecer alguém. Conversou com várias pessoas, mas todas eram tão comuns. Nenhuma delas apresentava um diferencial que pudesse encantar a jovem. Estava quase desistindo quando conheceu Adriano. Ele era diferente, era mais velho, experiente, tinha o dobro de sua idade e era chef de cozinha. Perfeito para a ocasião. Um homem mais velho, ocupado com o trabalho, não ficaria como um chiclete no pé da moça. Eles marcaram um encontro para um dia na semana, na parte da tarde, porque era o dia que o homem estaria de folga.

Conto erótico: Colegas de quarto

Era entardecer de uma sexta-feira, as gotas de chuva escorriam lentamente do lado de fora da janela do quarto. Um clima perfeito para assistir um filme e relaxar, pensou Marjorie. Ela ja tinha tomado banho e preparou  um chá. Estava tudo conforme seus planos, mas a sua colega de quarto, Julia, que iria passar o fim de semana na casa da sogra, decidiu voltar por causa da chuva e ficar em casa. Então, para não parecer rude, a convidou para assistir o filme com ela. As duas escolheram Super-8, um filme com um pouco de mistério seria bom para dar um up na vida de Marjorie.

Conto erótico: Pérola Negra

Marjorie conheceu Renato em um emprego temporário de quarenta dias numa fábrica de roupas, ela era operaria e ele era encarregado de um setor. Ele era um homem maravilhoso em todos os aspectos, e tinha um olhar sedutor que hipnotizava. Renato era negro, alto, olhos castanhos, lábios carnudos, e tinha um corpo que parecia ter sido esculpido pelo diabo em pessoa, porque  aquilo, amigos, era um pecado!

Conto erótico: Fodi com a professora

Eu sempre fui um cara cheio de tesão, sempre que me atraía por alguma mulher não conseguia parar de pensar na cena de como seria comer ela. No último ano do meu ensino médio tive aulas com uma professora substituta, via ela só de vez em quando.

Conto erótico: Filha do Vento

Marjorie conheceu Joe num churrasco oferecido pela família de sua amiga Francielly, que fez questão de apresentar os dois dizendo que eles iriam se dar muito bem. O homem era moreno, alto, não era exatamente bonito, mas tinha um carisma que era capaz de cativar até a pessoa mais rabujenta. Eles conversaram e a garota deu o número de seu telefone para que ele pudesse ligar em um outro dia. Os dois se encontraram e sairam para comer uma pizza, conversaram, se beijaram e foi só isso.

Conto Erótico

Era tarde de noite quando Marjorie ouviu alguém chamando no portão. Quando foi conferir, reconheceu o rapaz: era Samuel. Estranho ele estar ali, porque ela não lembrava de ter combinado nada com ele para aquele momento. Ele perguntou se poderia entrar e ela disse que sim, afinal, não poderia resistir aquele sorriso meigo e Samuel parecia tão perdido. Ele disse que tinha discutido com a namorada e que precisava de uma amiga para conversar. Como uma pessoa bondosa que era, Marjorie disse que ajudaria.