PUB
mascote
PUB


6 passos de como fazer massagem erótica perfeita

Fazer sexo é muito bom, não é mesmo? Mas, às vezes, terminamos entrando na rotina e as coisas ficam meio sem graça. A boa notícia é que existem várias maneiras através das quais é possível tirar a vida sexual da rotina. Vocês podem realizar alguma fantasia sexual, testar um pouco de BDSM ou até mesmo uma massagem erótica.

O texto de hoje é dedicado a essa última solução para tirar o sexo da rotina e apimentar ainda mais as coisas. Me diz se a ideia de uma boa massagem, com bastante óleo, não te agrada como uma preliminar? Aposto que sim!

É por isso que trouxemos aqui os 6 passos para uma massagem erótica perfeita! Você pode compartilhar com o seu parceiro (ou parceira) e vocês revezam quem vai fazer e quem vai ganhar a massagem. E aí, se interessou pelo assunto? Quer aprender a fazer uma massagem erótica maravilhosa? Então, continue a leitura desse texto!

Aprenda 6 passos de como fazer massagem erótica 

1 – Se entregue ao momento

Hoje, a nossa vida é toda muito conectada. Temos celular, computador, TV e um mundo de coisas para explorar na Internet. E acontece que, muitas vezes, não conseguimos nos entregar devidamente às situações. E isso também é válido quando se trata dos momentos em casal e do sexo.

Por esse motivo, o primeiro passo para uma massagem erótica perfeita é que vocês se entreguem verdadeiramente ao momento. Para isso, estejam dispostos a se desconectar do resto do mundo por alguns instantes.

Então, fiquem sem celular, desliguem a TV, o computador ou qualquer coisa que possa interferir. Dessa maneira, vocês poderão se conectar ainda mais um com o outro e aproveitarão bem mais o momento da massagem.

2 – Nada de pressa

Você conhece aquele ditado que “a pressa é inimiga da perfeição”, não é mesmo? Ele super se aplica ao momento de uma massagem erótica. Por isso, quando for fazer uma massagem erótica no seu parceiro ou parceira, não tenha pressa. Explore o corpo da outra pessoa com calma, a fim de proporcionar o máximo de prazer possível.

3 – Cuide do ambiente

O ambiente é essencial para que a massagem erótica seja um sucesso. Por isso, arrume a cama ou a superfície na qual a massagem será feita, use um aromatizador com um cheiro gostoso e deixe o ambiente à meia luz, para gerar um clima mais sexy... Além disso, uma música suave também é uma boa pedida.

4 – Comece a massagem

Uma vez que o seu parceiro (ou parceira) estiver pronto (a) para a massagem, peça que ele (ou ela) se deite com a barriga para baixo. Assim, você pode começar a explorar o toque nas partes que são mais relaxantes e menos eróticas, como costas e posterior de pernas.

Aplique o óleo de massagem em suas mãos enquanto admira o corpo da outra pessoa. Esfregue as mãos uma na outra a fim de aquecer um pouco mais o óleo de massagem e comece a acariciar o corpo da outra pessoa. Comece pelos pés e panturrilhas e vá subindo, a fim de preparar a pessoa para a massagem em si.

Lembre-se que alguns óleos de massagem não são apropriados para serem utilizados na região íntima. Por isso, tenha uma toalha por perto para limpar as mãos e trocar o óleo pelo lubrificante quando for começar a explorar essa área.

5 – A maneira de tocar o corpo

Cada pessoa é diferente e, por isso, você deve buscar perceber qual é o tipo de toque que agrada o seu parceiro (ou parceira). Comece pelas costas, com um toque mais suave e vá aumentando a pressão. Se a pessoa pedir para você “pegar mais leve”, reduza a pressão.

Lembre-se que o ideal é começar aliviando a tensão. Movimentos do meio para fora (para os lados) das costas são ótimos para isso. E então, vá explorando todo o corpo, mesclando um toque mais suave com um toque mais firme. Não se esqueça de explorar locais que, normalmente, são pouco explorados.

Uma boa dica, por exemplo, é explorar a parte posterior das pernas. Comece nos pés e panturrilhas e vá subindo. Então, explore a parte posterior e interior das coxas. Assim, a pessoa já começará a ficar bastante excitada. Faça massagem também no bumbum. Logo depois, peça que o parceiro (ou parceira) se vire de barriga para cima.

6 – Nada de ir “direto ao pote”!

Uma vez que a outra pessoa estiver de barriga para cima, resista à tentação de ir “direto ao pote” (ou direto aos genitais)! Primeiro, explore os braços e as pernas, massageando-os alternando a sutileza e toques mais firmes. Você irá perceber que, a cada momento, o seu parceiro (ou parceira) quererá ainda mais que você acaricie a região íntima.

Quando esse momento chegar, comece bem devagar, pela virilha. Se você estiver massageando uma mulher, explore os seios antes. E, só depois disso, comece a explorar, de fato, o pênis ou a vagina. Nesse momento, a pessoa já estará tão excitada que o toque será ainda mais intenso!

A partir daí, vocês decidem se querem seguir com a masturbação ou sexo oral. Ou se o que querem mesmo é partir para uma transa bem caliente, visto que o tesão estará gigante por conta da massagem erótica!