PUB
mascote
Banner Favoritos
PUB


prostitutas não engravidam

Muitas pessoas se perguntam por que prostitutas não engravidam, afinal, como é que pode ser possível alguém fazer tanto sexo sem acidentes, sem nada de inesperado? Inclusive, este acontecimento sustenta a visão de pessoas que são contra o aborto.

Tudo depende, nada é uma linha reta. Muitas dúvidas permeiam este assunto e, mesmo assim, buscamos pesquisar tudo com o máximo de clareza e transparência possível, para que você leitor, tenha acesso ao melhor tipo possível de informação.

Se você quer saber de uma vez por todas por que as prostitutas não engravidam, então continue lendo e descubra.

Por que as prostitutas não engravidam?

Essa é a dúvida que não quer calar. Como é que as prostitutas transam tantas vezes diariamente e, na grande maioria dos casos, não têm filhos?

Bom, não existe apenas uma resposta para essa pergunta, não há como considerar todas as prostitutas em um único ponto de vista, por isso é que separamos alguns tópicos, nos quais falaremos sobre o assunto em questão.

No entanto, já adiantamos para você, leitor, que não se pode iludir com a ideia de que prostitutas não engravidam, usando isso como uma desculpa para criticar o aborto. São pautas completamente diferentes, uma não pode ser usada para fundamentar a outra.

Como é que as prostitutas se protegem?

Poucas pessoas sabem, mas as prostitutas tendem a se proteger muito durante a transa, não só por conta da gravidez, mas também por causa das doenças sexuais, que são muito comuns neste ramo.

A verdade é que, qualquer tipo de descuido pode acabar gerando sérios problemas para a vida da prostituta, então é claro que ela se cuidará com o dobro de atenção.

Uma doença sexual, por exemplo, pode acabar com a sua carreira no sexo. Considerando que estas mulheres estão muito acostumadas ao trabalho, só a ideia de perder a profissão as enlouquece.

Então, tudo é feito com o uso da camisinha sempre, quase nunca vemos prostitutas que oferecem serviços sem proteção, nem mesmo as que já fizeram a laqueadura, por exemplo.

Outras mulheres se mantém usando o DIU, que é um método contraceptivo inserido dentro do útero. Outras, por suas vezes, aplicam a injeção contraceptiva, que faz o mesmo serviço do anticoncepcional mas sem a necessidade de tomar diariamente.

Essas são as mais comuns práticas para que as prostitutas não engravidem e nem acabem doentes devido às doenças sexuais.

Mas e as falhas dos métodos contraceptivos?

Bom, como todos nós já sabemos, não existe nenhum método contraceptivo cem por cento funcional. Todos eles oferecem uma margem de erro, mesmo que muito pequena.

Fato é que, usar apenas a camisinha nem sempre será cem por cento seguro, já que ela pode estourar ou até mesmo estar furada. É claro que isso é raro de se acontecer, mas o risco deve ser considerado como existente sempre.

A grande questão é que, por mais que a camisinha seja sim útil e muito segura, as prostitutas raramente utilizam de apenas um método contraceptivo.

É normal conhecer as que usam dois ou três simultaneamente, como por exemplo o diu e a camisinha, ou o anticoncepcional e a camisinha.

Desta maneira, quando um tipo de prevenção falha, o outro sustenta a causa, dificultando ainda mais o processo de gestação.

Não podemos negar ainda que, mesmo que com dois métodos contraceptivos valendo, pode ser que a prostituta engravide sim. Acidentes acontecem, falhas no ciclo anticoncepcional...não há como prever, então, por isso afirmamos que, mesmo que com todo o cuidado, não há como garantir.

Mas por que  quase nunca vemos prostitutas grávidas?

As prostitutas, quando engravidam, podem passar por sérios problemas em relação ao trabalho. Não é possível oferecer serviços sexuais nos últimos meses de gestação, além de tudo isso ser muito perigoso para a saúde do bebê.

Ainda assim, não podemos negar que prostitutas, assim como boa parte das outras mulheres, abortam. Muitas pessoas utilizam o argumento de que, se as profissionais do sexo não tem três ou quatro filhos, por que é que tantas outras mulheres têm?

Engana-se quem acredita que as prostitutas não abortam. Por mais triste que isso soe, a verdade é que as maiores utilizadoras dos serviços de aborto são sim as profissionais do sexo, justamente por não haver nenhum método contraceptivo cem por cento eficaz.

Não se engane com discursos prontos sobre a vida das prostitutas, isso é um imenso erro. Vale a pena enxergar tudo com individualidade, não tente se valer de argumentos que não fazem parte de sua vida, se o fizer, você poderá encontrar inúmeros obstáculos.

A vida das prostitutas é repleta de obstáculos, assim como a de qualquer pessoa. Generalizar é algo muito irresponsável, uma vez que muitas mulheres têm sim os seus filhos e os criam com muito amor, carinho e cuidado.

Agora que a sua dúvida em relação às prostitutas foi resolvida, passe a encarar isso com muito mais humanidade.