PUB
mascote
Banner Favoritos
PUB


medo do sexo

Como o nosso site é voltado para acompanhantes e para homens que costumam sair com acompanhantes, decidimos escrever hoje sobre o medo do sexo. Ele existe, mas nem sempre é tão bem compreendido assim.

Cada pessoa lida com isso de uma maneira, mas pequenos traumas podem resultar em grandes travas sexuais, que perduram por toda a vida da pessoa. Conheça os seus limites, mas saiba que é possível superar isso sem mais demora.

Engana-se quem pensa que este é um problema exclusivo das mulheres, os homens também podem sofrer de medo do sexo, ou até mesmo uma ansiedade antes de ir para a cama com alguém novo. Quer saber como curar isso? Leia o post até o final.

O que causa o medo do sexo?

Para começar, você precisa descobrir de uma vez por todas qual é a fonte do seu medo. Somente assim você poderá se libertar verdadeiramente disso. Nem todas as pessoas compreendem qual é o foco de eu problema, por isso é que demoram tanto para se resolverem.

O medo pode vir de traumas de infância ou adolescência, problemas relacionados à autoestima, medo de não conseguir ter prazer ou satisfazer ao outro… enfim, é uma imensa lista que pode resultar no seu problema.

É tão importante saber da causa de seu problema para que, justamente, se torne possível resolvê-lo. Este pode ser um processo doloroso, mas é, sem sombra de dúvidas, muito necessário.

Como controlar o medo do sexo?

Para começar, depois de ter descoberto a razão pela qual o seu medo existe, você deve atingir o fundo disso. Busque enfrentar o seu medo, pensar sobre isso ou até mesmo buscar de volta as situações que antes te davam medo.

Não há como controlar um medo deixando que ele te domine, lembre-se de sempre encarar isso de uma forma ou outra. Busque sempre estudar sobre isso, falar sobre sexo com seus amigos até que seja possível se tranquilizar.

Passe a enxergar o sexo como algo normal, natural, comum. Quanto mais você souber sobre isso, menos assustador parecerá. Não é um processo fácil, mas muito importante e necessário.

Só transe com quem puder confiar

O sexo casual é um dos grandes geradores de traumas no que compete intimidade, tenha em mente que se você já tem problemas anteriores relacionados a isso, o sexo com pessoas desconhecidas te atrapalhará ainda mais em seu progresso.

É claro que isso não pode ser levado ao pé da letra por todas as pessoas, há quem faça sexo por sustento, mas falaremos mais sobre isso no próximo item.

Tente conversar bem com as pessoas com quem for transar, se possível, estabeleça limites e diga o que está fora de cogitação, essa é a melhor forma de recuperar a confiança.

Não fique pensando no sexo antes dele acontecer, toda a ansiedade deve ser retirada fora para que você consiga sofrer menos, seja gentil com você, este é um passo importante para a sua melhora.

Mas e no caso das acompanhantes?

As acompanhantes sofrem ainda mais com isso, afinal, do sexo é que vem o sustento, mas até para elas existem soluções para o problema.

É claro que isso acaba sendo ainda mais urgente nestes casos, afinal, estas mulheres precisam, não só trabalhar, mas demonstrarem prazer na hora da transa, então tudo deve acontecer ainda mais rapidamente.

Para as mulheres acompanhantes, sugerimos logo que busquem por terapia, essa é a maneira mais rápida de encontrar uma solução para este problema tão sério. O governo oferece, em algumas cidades, atendimento gratuito para quem precisa.

Se isso não for possível para você, assista documentários e vídeos sobre isso, converse com amigos que te compreendem e busque sempre dizer o que pensa, colocando em voz alta organizamos melhor os nossos pensamentos.

Uma maneira boa de nos livrar de nossos medos é confiando em alguém, então, se você atende em um determinado motel, coloque alguma pessoa de segurança esperando por você do lado de fora da porta, assim, se algo começara dar errado, você pode chamar por ajuda.

Não tenha medo de buscar saídas para o seu problema, somente assim poderá trabalhar com tranquilidade e sem medo de novos traumas.

Não pense no seu problema ou nas dificuldades que tem enfrentado, isso, além de não te ajudar, ainda pode te fazer regredir na sua luta pela melhora. Compreenda o sue tempo e não extrapole os seus próprios limites.                                                    

O medo do sexo é normal, acontece com muitas pessoas, inclusive com as que nunca fizeram sexo. Tenha em mente que isso não deve ser um motivo para se culpar ou para se abalar, apenas busque sempre a melhora.

Não esteja com pessoas que acentuam as suas inseguranças, neste ponto o sexo deve ser tratado como algo natural, pessoas que forçam a barra podem e devem ser evitadas.

Não tenha medo do medo, o medo do sexo deve ser combatido! Siga as nossas dicas e boa sorte.