PUB
mascote
Banner Favoritos
PUB


Odor vaginal

Odor vaginal, você tem sentido que o seu está fora do normal? Calma! Na realidade, a vagina, por ser muito fechada e úmida, pode sim ter um cheiro mais forte, característico, principalmente depois de um dia todo de trabalho.

Você andou, suou, urinou, então é sua vagina vai estar mesmo mais fedidinha sim haha. Mas nada para pânico. Saiba neste artigo como eliminar o cheiro da vagina e mantê-la saudável.

 Quando o cheiro vaginal é considerado normal e saudável?

Você conhece bem a sua vagina, correto? Caso não tenha muito o hábito de desbravá-la, pode começar a pensar na questão, porque vai ser bom pra você.

Você vai notar que ela é bastante úmida na parte interna. Basta afastar um pouco os grandes lábios e poderá perceber a umidade. Mesmo sem excitação, essa parte costuma ficar sempre úmida. 

Na região, por ser escura, úmida e quente, vivem microrganismos naturais e nada de errado até aí. Por tudo isso, a vagina tem de fato um odor característico e natural, mas nada de tão forte que você não possa aguentar. Esse cheirinho é habitual, saudável e faz parte mesmo. 

Cheirinho bom e os homens gostam 

Esse cheiro natural da vagina é apontado por muitos homens como sendo agradável. Inclusive, dizem até que ele funciona como um feromônio, estimulando a atração sexual, o desejo...

Tudo isso significa que a sua vagina está com um cheiro normal e saudável. Por isso, não precisa se preocupar. 

Quando devo me preocupar com o odor vaginal? 

Como falamos anteriormente, quando os microrganismos estão quietinhos, nada acontece, a vagina fica saudável e o cheiro também. O problema só começa quando os microrganismos começam a fazer bagunça, acordam e alteram a flora. 

Quando isso acontece, a mulher pode vir a sofrer com coceiras, corrimento e consequentemente o odor vaginal. Aí sim, é hora de procurar um médico e tratar o problema. 

E veja, esse cheiro geralmente fica muito mais forte do que o odor vaginal normal, é quase como um cheiro de peixe morto, enfim, algo ruim mesmo e que precisa ser tratado.

E como tratar o odor vaginal? 

Se notou que o odor vaginal está fora do normal, a primeira coisa é procurar um médico para identificar se há algum tipo de doença ou infecção na região.

Até porque, se for algo interno, não adianta lavar e comprar sabonete líquido íntimo, pois isso não vai resolver o problema, que precisa ser tratado de dentro pra fora.

Possíveis causas do odor vaginal

  • Falta de higiene
  • Roupa muito justa
  • Higiene excessiva
  • Higiene insuficiente
  • Muito tempo com o mesmo absorvente
  • Produtos de higiene inadequados
  • Corrimento
  • Infecção
  • Feridas 
  • Coceiras  

Cuidados e como evitar odor vaginal

Faça a higienização normal

Nada de duchas e excesso de sabonete intimo, pois muito deles podem alterar a flora vaginal, deixando a seca demais e mudando o ph normal que ela tem. Lave normalmente, durante o banho, com água e sabão. 

 Troque o absorvente 

Tem gente que simplesmente esquece de trocar o absorvente, e isso vai gerando aquele cheiro horrível. A vagina precisa ser limpa e respirar um pouco quando estamos menstruada. Então, troque de duas em duas horas, no máximo quatro em quatro horas. Ao fazer troca, limpe com lencinho umedecido.

 Deixe a vagina respirar

Roupas muito apertadas e uso de calça jeans constantes não são bons para a saúde da vagina. De vez em quando, use vestido, saias e durma sem calcinha. Ela merece respirar! 

A vagina também precisa de oxigênio para se manter bem, saudável e com o cheiro natural que ela tem.

 Cuide da alimentação 

Não apenas o odor vaginal, mas também o nosso cheiro natural do corpo tem influência nas coisas que comemos. Então, observe como anda a sua alimentação e note se não está comendo muito errado.

Excesso de gordura, bebidas alcoólicas e excesso de açúcar. Tudo isso altera o cheio natural do corpo e também da vagina. 

O que comer então? Muita fruta, principalmente abacaxi e iogurte. São alimentos amigos da vagina, digamos assim, porque ajudam a mantê-la saudável e com um cheiro normal que ela deve ter. O iogurte, por exemplo, ajuda a manter a flora regulada, o que é muito bom e saudável para a vagina.

 Apare bem os pelos 

Cuide também para manter os pelos da região sempre aparados, porque quando em excesso, eles podem causa odor vaginal ruim, porque resíduos de urina e sangue da menstruação podem ficar ali. 

 Posso passar perfume na vagina? 

A resposta é não, claro! Nada de passar produtos que não são indicados para a região. Como falamos, o correto é apenas lavar normalmente com água e sabão neutro.

Caso queira deixar a região mais cheirosa, você pode, após o banho, passar creme corporal entre as pernas, mas nunca na vagina, ok? E passar também perfume entre as coxas. Com certeza seu companheiro vai amar! 

Leia mais: