PUB
mascote
PUB


Como evitar dor na primeira vez? 7 dicas para mulheres

Desde muito cedo na nossa adolescência, nós, mulheres, somos ensinadas sobre o seguinte: a perda da virgindade dói.  Mas, pensando bem, será que tem de ser assim? Veja sete dicas de como evitar dor na primeira vez...

Sim, esse é um questionamento muito importante que vem permeando, cada vez mais, as conversas entre adolescentes e jovens adultas. E a boa notícia é que é plenamente possível que a mulher evite sentir dor na sua primeira transa. Para isso, é essencial que ela trabalhe o seu autoconhecimento e adquira algumas informações importantes.

E é por esse motivo que nós fizemos esse texto: para que você tenha acesso a todo o conhecimento necessário de como a mulher pode evitar de sentir dor na primeira vez. Afinal, quanto mais você se preparar, melhor será! Aposto que você está interessada no assunto, não é? Então, continue a leitura!

7 Dicas para saber como evitar dor na primeira vez

1 – Conheça qual é o seu momento

Um fator muito importante para que a mulher perca a virgindade sem sentir dor é que ela esteja confortável com a situação. E, para que isso aconteça, um conjunto de fatores é essencial. Um desses fatores é o momento certo.

Ninguém, além da mulher, pode dizer a ela qual é (ou não) o momento certo de perder a virgindade. Nenhum namorado, nenhuma amiga e nenhuma pessoa externa pode influenciar nessa decisão ou tentar forçá-la.

E saiba que, na hora em que o momento certo chegar, você vai saber. Por isso, não se apresse e faça as coisas no seu tempo, ok?

2 – Masturbação e autoconhecimento

A partir do momento em que você começar a sentir que deve, procure explorar o seu corpo. Essa é uma forma essencial de autoconhecimento. Assim, você já terá um pouco mais de conhecimento sobre a sua região íntima na sua primeira vez. Bem como sobre o que te dá prazer. E tudo fluirá bem melhor!

Leia também: O que se deveria saber sobre perder a virgindade

3 – Ambiente

Lembra quando falamos sobre os fatores que influenciam no conforto? O ambiente é um deles! Imagine: não é nada confortável a ideia de perder a virgindade dentro de um carro. Ou no banheiro de uma festa. Ou então em algum local no qual vocês possam ser interrompidos a qualquer momento.

Por isso, procure um local seguro e confortável no qual você possa ter a sua primeira transa. Onde você e o seu par possam ficar sozinhos para ter esse momento de intimidade sem se preocupar com outras pessoas ou com o tempo.

4 – Se livre dos medos e preocupações

Alguém já te disse que uma boa maneira de se livrar dos medos, ansiedades e preocupações é falar sobre eles? Então, se possível, antes da sua primeira transa, converse com uma pessoa de confiança sobre o assunto.

E também converse com a pessoa que vai compartilhar esse momento especial com você. Você verá que, quanto mais falar sobre o assunto, mais fácil parecerá lidar com ele.

5 – Relaxe

Um dos maiores motivos de dor na primeira relação sexual é a falta de relaxamento. Isso porque, quando a mulher não está relaxada, ela contrai toda a sua musculatura. Inclusive, a musculatura vaginal. E isso dificulta a penetração, causando dores e desconfortos.

Por isso, quando estiver prestes a transar pela primeira vez, relaxe! Uma boa dica é respirar bem profundamente toda vez que se sentir nervosa e deixar o corpo relaxar. Inclusive, quando estiver sendo penetrada.

E não podemos esquecer que a falta de relaxamento pode atrapalhar na lubrificação natural feminina. E o atrito causado por uma lubrificação em falta ou inexistente também dói bastante. Por isso, relaxe!

6 – Saiba que o rompimento do hímen não é uma coisa tão “grave” como parece

Muitas vezes, quando falamos sobre o rompimento do hímen, parece que estamos falando sobre uma microcirurgia (risos). Mas saiba que esse “evento” nem é tão grande quanto parece.

Para explicar melhor, cabe destacar que o hímen é uma fina membrana na entrada da vagina, que já tem uma pequena abertura. É por essa pequena abertura que sai a menstruação.

Uma vez que acontece a penetração, pode ser que essa película se rompa. Mas isso não é nada demais. Pode ser que vocês notem um pouquinho de sangue, mas nada muito significativo. Cabe destacar que, quanto maior o seu relaxamento, menores as chances de sangrar.

7 – Usem proteção!

E, por proteção, entende-se a famosa camisinha. Não importa se for a sua primeira ou a milésima vez, a camisinha é essencial. Afinal, é ela que te protege de uma gravidez não planejada e das temidas DSTs. E, sim, é possível que isso aconteça mesmo na sua primeira vez. Por isso, se proteja!

Estar devidamente protegida na sua primeira vez te ajudará, inclusive, a estar mais tranquila e livre de preocupações. Como consequência, você estará ainda mais relaxada e será bem mais provável que você consiga evitar de sentir dor na primeira vez.

Lê também: Virgindade - a penetração machuca quando se é virgem?