mascote
PUB


O que é dogging e onde praticar no Brasil?

Você sabe o que é dogging? Esse termo inglês é usado para definir o sexo na rua enquanto outras pessoas ficam vendo. Venha descobrir tudo sobre essa prática nesse guia...

O dogging já não é mais aquela prática desconhecida e há muitas pessoas praticando. Quem sabe se aquele seu vizinho, ou até um amigo que conhece menos bem, está fazendo sexo na rua para todo mundo ver!

Essa fantasia sexual ocorre, habitualmente, em parques de estacionamento ou em outros locais públicos, com pessoas assistindo. Mas não são aqueles voyeurs que ninguém quer perto na hora de um bom sexo em público.

Nesse caso, o voyeurismo é consensual e ocorre para prazer de todos os participantes.

Muitas notícias e sites retrataram esse mundo de uma forma até um pouco negativa, parecendo ser uma prática só de depravados. Mas, na verdade, há todo tipo de pessoas, praticando, e mesmo no Brasil.

Venha saber tudo que precisa sobre essa prática que começou na Europa, mas que já conquistou muitos brasileiros...

O que é dogging?

O dogging vem da expressão inglesa "walking the dog", ou seja, "levar o cachorro para passear". Mas não se refere exatamente a isso! A expressão seria usada por voyeurs como desculpa quando apanhados a verem casais fazendo sexo.

O termo é usado realmente para falar do sexo na rua ou em público enquanto outras pessoas ficam vendo.

Assim, junta os prazeres do exibicionismo e do voyeurismo. Se trata para os adeptos do dogging de sentir prazer fazendo sexo com pessoas olhando.

Além desse prazer, combina também a adrenalina de se tratar de sexo em público, o que implica aquele risco gostoso de ser apanhado.

A prática ocorre com pessoas parando seus carros em locais públicos e começando a fazer sexo. Depois, pessoas desconhecidas vão chegando e ficando a ver. Se os casais permitirem, podem participar na ação ou ficar somente olhando.

Como apareceu?

Não há uma origem muito definida para esse fenómeno do dogging. Alguns relatos indicam que o termo existe desde 1853, mas não é certo que se refira à prática sexual como hoje a conhecemos.

Mas há teorias de que surgiu relacionada com caminhoneiros que paravam em parques de estacionamento para passar a noite. Assim, havia mulheres acompanhantes que sabiam desses locais e iam aparecendo para encontrar clientes.

Contudo, o dogging também é muito conectado à Balada de Swing e às comunidades de troca de casais. Alguns clubes de baladas liberais procuram mesmo criar cenas de dogging para prazer de seus visitantes, levando um carro para dentro de suas instalações.

Há alguns anos, a prática era somente associada à comunidade gay. Mas, recentemente, muitos heterossexuais se tornaram praticantes do dogging, nomeadamente casais.

E como se faz dogging?

Há locais conhecidos de dogging que são divulgados pela comunidade Swing ou por grupos de "doggers", ou seja, os fãs da prática, na Internet.

Mas também existe o hábito de marcar encontros de dogging na Internet. Assim, um casal pode informar que vai estar naquele local, em tal noite, aguardando a visita de desconhecidos enquanto vão fazendo sexo na rua.

Quem abraça essa prática tem a intenção de ser visto fazendo sexo. Para os voyeuristas, pode ser somente esse prazer de ver outros transando, ou também pode ser o tesão de poder participar numa aventura com desconhecidos, e com outras pessoas vendo.

Quando chegam aos locais de dogging, os praticantes podem deixar as luzes de seus carros acesas, para sinalizar que são "doggers" e para garantir que atraem a atenção dos fãs da prática.

Há ainda outros que ficam piscando os faróis para outros carros ou que vão acendendo a luz interna brevemente.

Muitas vezes, tanto homens gays como pessoas heterossexuais usam os mesmos locais para dogging.

Espreite ainda: "Voyeurismo: sexo em público no Brasil"

O sexo na rua é assim tão popular no Brasil?

Esse parece ser um hobby nacional... se não mundial! Fazer sexo em lugar público é uma daquelas experiências que só de pensar já vai dando tesão. E se falarmos em fazer sexo no carro, quase todo mundo já fez!

Para muitas pessoas, transar no carro é não somente uma aventura, mas a única forma possível de satisfação. É prático e imediato, se pode fazer em qualquer local e não precisa pagar, nem passar vergonhas com outras pessoas sabendo.

A esses fatores, você pode acrescentar essa excitação do dogging, com esse lado voyeurista e exibicionista tão gostoso!

Quais são os locais de dogging no Brasil?

O dogging parece estar sendo praticado em todo o país, em vários e diferentes lugares - em frente a estádios, na praia, em travessas, ruas e avenidas e em vários parques por todo lado!

Mas os estacionamentos são os locais mais procurados, sobretudo à noite, quando ficam mais isolados e sem pessoas. Porém, também há locais onde o dogging é praticado à luz do dia sem problemas, com muita pegação!

A Internet é um bom local para você encontrar os locais de dogging mais perto de você. Há alguns sites como este que indicam locais brasileiros de dogging. Você também pode acrescentar algum sítio de dogging que conheça em sua região nesse site.

Existem ainda grupos nas redes sociais sobre dogging a que você se pode juntar, ficando por dentro de tudo que acontece nessa comunidade. É uma boa forma de conhecer outros "doggers" e de saber tudo sobre a prática.

O dogging é ilegal?

A atividade do dogging em si não é ilegal. Contudo, se você estiver fazendo sexo num local público diante de alguém que não quer estar assistindo a isso, pode ser acusado de exposição indecente, lascívia pública e indecência grosseira.

Nesse caso, você pode ter problemas se for denunciado à polícia ou detetado por algum agente da autoridade. Veja que está em causa a decência pública e a salvaguarda de quem não tem interesse nenhum em ver outros fazendo sexo em locais públicos.

Assim, os "doggers" podem acabar entrando no registro dos criminosos sexuais se forem envolvidos em situações dessas.

Desse modo, esteja ciente de que você precisa ter todo cuidado para não ser apanhado - e não ofender os outros!

Por que as pessoas fazem dogging?

A resposta é bastante simples: a emoção de fazer sexo na rua envolve o tesão de ser visto nisso. Assim, é uma adrenalina sem igual, misturando o medinho de ser apanhado com a sensação gostosa de estar fazendo algo "proibido". Está sentindo a vontadinha de se aventurar?

Já muitas pessoas sentiram essa sensação, transando na praia, em meio à floresta ou no carro num lugar qualquer. Mesmo sem o dogging envolvido, é uma ótima experiência até para quebrar a rotina.

Mas se for acrescentado a isso o tesão de ser visto tendo tanto prazer, pode ser muito excitante! Claro que nem todas as pessoas podem estar gostando disso. Afinal, o dogging não é para as massas, apenas para os mais arrojados...

Veja também: "As dores e as delícias do Voyeurismo"

E quem faz dogging?

Bem, não há exatamente um padrão ou uma característica que defina os "doggers". Podem ser pessoas sozinhas ou casais, ser heterossexuais ou homossexuais, homens e mulheres, de todo tipo!

Qualquer pessoa pode gostar dessa prática. Mas é evidente que os fãs gostam de se exibir.

Muitas vezes, os exibicionistas do dogging são casais que se mostram transando e os voyeurs costumam ser homens. Mas isso pode não ser tão claro assim.

Da mesma forma, há homens que participam no dogging dispostos a fazer sexo tanto com mulheres como com outros homens, seja separadamente, seja juntos. E isso acontece mesmo não se identificando como gays ou bissexuais e se assumindo, portanto, como heterossexuais.

Assim, abandonam as categorias sexuais e de gênero e mantêm a mente aberta à experiência.

Portanto, essa prática não é para conservadores. As pessoas que se atrevem a fazer sexo na rua têm um lado aventureiro e de rompimento com as normas e as convenções.

Existe algum risco ou perigo associado ao dogging?

Sempre há o risco de ser pego por um desconhecido agressivo fazendo sexo na rua. E isso pode ser bem assustador e perigoso!

Estando na rua, transar implica sempre riscos e, por isso, você deve ter muito cuidado. Para isso, procure somente locais seguros e mantenha contactos com a comunidade de dogging, para saber como agir com segurança.

É importante que você entenda que o dogging envolve apenas sexo consensual. Isso significa que quem participa tem de receber autorização para isso.

Se um casal estiver transando e quiser só ser visto, pode recusar a participação de eventuais voyeurs presentes. E estes não podem se sentir ofendidos porque são as regras do jogo!

Quais são as regras do dogging?

Como dissemos antes, fazer dogging implica cumprir uma série de regras, até para que tudo seja muito prazeroso e seguro. É a chamada "etiqueta das boas maneiras" do dogging.

Antes de você se aventurar na sua primeira experiência nesse mundo, é importante que conheça essas regras, e que as respeite. Assim, vamos lhe dar a conhecer quais são essas regras:

  1. Use sempre preservativo, para evitar ISTs (Infeções Sexualmente Transmissíveis). Há até quem leve uma caixa de camisinhas para partilhar com outros "doggers".
  2. Evite ficar chamando a atenção de pessoas que não participam no dogging, e não perturbe a tranquilidade do local.
  3. Não faça dogging diante de crianças, nem de pessoas que estejam apenas passando, desavisadas do que está acontecendo.
  4. Nunca invada propriedade privada, nem destrua bens públicos.
  5. Todos os preservativos usados, e demais lixo, devem ser recolhidos e colocados em uma lixeira. Não vale deixar tudo bagunçado!
  6. Conduza sempre dentro da lei, e use apenas estacionamentos autorizados. Nunca é boa ideia violar a lei!
  7. O anonimato é obrigatório no dogging. Assim, utilize um nome inventado para participar nesse mundo, protegendo sua identidade. Além disso, nunca deve revelar a identidade de outros "doggers".
  8. Se você é mulher, evite ir sozinha a um local de dogging, pois pode não ser seguro. É aconselhável que seja acompanhada por um homem de sua confiança.
  9. Fique afastado de locais conhecidos por prostituição ou tráfico de droga - não é boa ideia confundir as coisas!
  10. Combine antecipadamente um sinal, ou uma palavra de segurança, para o caso de algum de vocês quiser parar.
  11. Não deixe os faróis do carro acesos quando chegar ao local de dogging.
  12. Se estiver em seu carro e desejar que as pessoas presentes fiquem assistindo, pisque sua luz interior. Se desejar que se aproximem ou se juntem à ação, abaixe a janela do carro.
  13. Se estiver assistindo, não deve nunca tocar, a menos que seja convidado a fazê-lo de forma clara e evidente.
  14. Quando terminar a ação, dirija um pouco por aí, ou pare para comer alguma coisa, só para ter certeza de que não está sendo seguido.

Preparado para seu primeiro dogging?

Com esse guia bem completo, achamos que você está preparado para se aventurar em seu primeiro dogging! Mas essa decisão cabe só e apenas a si.

Portanto, entenda bem o que é dogging e avalie se o sexo na rua é mesmo para si. Tem o atrevimento que é preciso? Se está certo disso, escolha um local seguro e se divirta!