mascote
PUB


Creampie: o que é e por que os homens gostam tanto?

O ato de ejacular dentro da mulher passou a ser chamado de creampie em alusão a uma torta cujo interior é cremoso e quase líquido. Então, quando cortado um pedaço, ela vaza e pode lembrar o sêmen vazando de um orifício sexual. Venha saber tudo sobre isso!

Algumas pessoas vão dizer que por mais divertidas que sejam todas as variações de sexo, o tradicional é o melhor porque está enraizado em nós desde os primórdios - quando o desejo ia além de se aliviar, era para reproduzir. Os machos ficavam excitados e orgulhosos diante da imagem da sua “semente” na fêmea. Isso perdura por milênios, mas porque é sexy e pode parecer um sinal de domínio.

O que exatamente é creampie?

Se trata da ejaculação feita na vagina durante o sexo com penetração. No entanto, para muitas pessoas, gozar no ânus durante o sexo anal também pode contar como um creampie.

Para uma minoria, ejacular na boca ou garganta da parceira (o) durante um boquete pode ser chamado de throat creampie. Esse ato tende a ser tão excitante para alguns grupos que é comum que vídeos pornográficos sejam finalizados em uma cena com o sêmen escorrendo da vagina para mostrar ao espectador que uma ejaculação “real” ocorreu.

O creampie na pornografia

É, sem dúvida, uma das categorias mais pesquisadas em qualquer site pornô. Afinal, depois de cada vez mais pessoas tomarem consciência dos perigos e consequências do sexo desprotegido, o creampie não é tão fácil de se conseguir como era há algum tempo atrás.

Dessa forma, faz sentido que homens e mulheres usem o pornô para satisfazer as suas fantasias envolvendo sexo nu e ejaculação.

Sabemos que muita coisa na indústria pornográfica não é real. Assim, fica óbvio que alguns creampies são forjados, especialmente os volumosos. Isso repele as pessoas? De jeito nenhum! Quem gosta, está em busca da fantasia da liberdade em fazer sexo sem camisinha. Do poder e controle em marcar uma mulher assim.

Aproveite para descobrir: Os truques dos atores e atrizes pornô

Por que os homens gostam tanto?

É claro, nem todo cara vai estar a bordo e se atrair pela ideia. Afinal, há aqueles que preferem um sexo mais limpo e livre de grandes bagunças. Além disso, muitos não confiam tanto em métodos contraceptivos orais e injetáveis. Os que gostam têm motivos diversos para fazê-lo.

Pode vir do prazer obtido em fazer sexo sem preservativo, afinal, as sensações são intensificadas dessa forma.

Alguns homens podem gostar de creampies não apenas porque são raros, uma vez que o uso da camisinha é presente até em relações monogâmicas e duradouras, mas mais especificamente porque essa raridade carrega consigo um certo aspecto emocionante.

Não apenas os homens

É impressionante o número de mulheres que acha sexy sentir o parceiro perder o controle, ejaculando dentro delas. Isso tende a excitar os companheiros ainda mais.

Quando o homem tem uma veia mais ciumenta ou possessiva, ele pode se sentir marcando a mulher como sua, ou seja, só ele tem o privilégio do creampie.

O que fazer para convencer o parceiro?

Você pode apresentar a ideia a partir de um vídeo pornô sexy, uma cena inspiradora de um livro ou apenas conversando e defendendo as suas razões para desejar isso. Todavia, não deve coagir ou manipular o parceiro (a) - não importa o quanto deseje isso. O creampie deve ser praticado com consentimento e segurança, pois envolve a saúde, higiene e o futuro dos envolvidos.

Se ele ou ela topar, se certifiquem de verificar se estão livres de DSTs e que há algum método anticoncepcional sendo tomado ou aplicado, se não quiserem que as consequências da pequena fantasia pesem sobre os seus ombros por anos.

Fui rejeitado. E agora?

É perfeitamente possível que o parceiro (a) não aceite a prática do creampie, mesmo com a gravidez e doenças fora da jogada. As pessoas podem simplesmente não gostar ou ficarem desconfortáveis com a ideia. Isso vai de cada um.

Então, se a sua proposta for rejeitada, siga em frente e não insista.

A pior coisa que você pode fazer é fazer cara feia e pressionar o outro. Se o seu relacionamento é a longo prazo, as chances de que ele ou ela mude de ideia com o tempo são grandes, então paciência. E em hipótese alguma, retire a camisinha – sem consentimento – durante a relação para gozar. Isso pode configurar crime.

Fazer creampie com quem se gosta pode ser extremamente sensual e íntimo, mas se não for possível em uma realidade próxima, sempre dá para chegar muito perto disso.

Para as mulheres, já existem brinquedos sexuais que imitam a ejaculação masculina. Os homens, por sua vez, além do pornô voltado para sanar esses desejos, podem obter permissão para gozar sobre a vulva da parceira. Não é a mesma coisa, mas pode ser admissível para ela, e a imagem também é muito excitante! 

Veja ainda: Diferença entre gozar e ter um orgasmo