mascote
PUB


  • Início
  • Blog
  • Sexo
  • Sabe como funciona a ereção? Veja esse guia com 10 fatos curiosos
Sabe como funciona a ereção? Veja esse guia com 10 fatos curiosos

É a melhor amiga do homem! Mas sabe como funciona a ereção? Siga esse guia com 10 fatos muito curiosos sobre o pênis...

A ereção é a melhor amiga do homem, mas  então, é importante saber como funciona, pois, ela pode apresentar problemas e surpresas ao longo dos anos com as quais você precisará lidar. Às vezes, o homem tem diversas ereções ao longo do dia, mas não consegue uma quando realmente precisa dela. Aprenda porque isso ocorre e se há como contornar essas armadilhas biológicas e psicológicas! 

Elas começam a surgir durante a puberdade dos rapazes sob o menor dos estímulos. Isso quer dizer que eles mal têm controle do porquê e quando os seus pênis vão ficar eretos, o que pode ocasionar situações realmente constrangedoras.

O homem passa por esse processo durante toda a vida. Porém, na puberdade é muito mais comum porque o corpo ainda está se ajustando às mudanças que estão ocorrendo. Infelizmente, não há o que se fazer para evitar tal coisa. É possível que as ereções surjam sem que nada tenha sido feito ou visto para isso.

Mas qual a razão de isso acontecer?

Fique conosco para entender tudo!

Como funciona a ereção?

O pênis possui basicamente duas “câmaras” dentro dele que se estendem desde a cabeça até a pelve. O interior dessas "câmaras" é feito de tecido esponjoso que tem a capacidade de aumentar o volume sanguíneo e de tamanho.

Quando você está cuidando da sua vida, as artérias que fornecem sangue ao pênis estão apenas parcialmente abertas, fornecendo apenas o fluxo necessário para manter o tecido saudável. Tudo muda quando o homem fica excitado através de algum estimulo físico, visual ou mental.

Em resposta a isso, o cérebro irá mandar sinais para desencadear uma resposta hormonal que permite que essas mesmas artérias mencionadas se abram completamente para que mais sangue entre.

Uma vez que esse sangue entra mais rápido do que consegue sair, ali se acumula e tudo isso permite que o homem tenha e mantenha uma ereção.

Esse processo pode sofrer alterações significativas se o indivíduo tiver problemas psicológicos, neurológicos ou de saúde que possam obstruir essas artérias.

O que leva o homem perder a ereção?

Isso depende do histórico, da idade e de pré-condições existentes no indivíduo. Não é impossível, mas é raro jovens de 15 a 22 anos broxarem porque eles estão no auge do descobrimento da sua sexualidade, explorando, testando e descobrindo como tudo funciona.

Um homem que já tem de seus 25 a 35 anos já carrega um peso que os mais jovens não: inseguranças, traumas e responsabilidades. Afinal, que ser humano consegue transar enquanto pensa sobre pagar o aluguel, o aumento nos preços de tudo e saúde dos pais?

Os fatores que levam um homem a broxar podem ser vários e de origem diversas.

A saúde, tensão e o psicológico afetam a vida sexual de todos, não apenas a deles. A diferença é que vemos uma evidência física de que eles não estão a fim ou não conseguirão ter sexo, diferente das mulheres que conseguem até não querendo.

10 fatos surpreendentes e curiosos sobre a ereção

1. O pênis pode quebrar

Pode até não parecer, mas eles são frágeis assim. É claro, ele não irá rachar como um osso quebrado, mas os vasos sanguíneos dentro do pênis estouram, o que resulta em um inchaço bastante doloroso. Sabe o que mais é curioso nessa história? Eles não quebram porque alguém os chutou, mas mais de um terço dos casos de fratura no pênis são atribuídos a posições sexuais em que a parceira está em cima.

2. Várias durante a noite

Os homens têm, em média, entre três a cinco ereções por noite sem sequer se dar conta. Sim, enquanto você dorme, o pênis do seu cara está se apresentando para o trabalho e sendo ignorado diversas vezes. Cada uma dura cerca de 30 minutos.

3. Elas podem ter dezenas de centímetros

Um ator norte americano está há mais de dez anos ocupando orgulhosamente o posto de “homem com o maior pênis do mundo” porque o seu garotão tem nada menos que 40 centímetros de comprimento! Com testículos proporcionais ao tamanho, o cara tem que fazer várias adaptações para passar despercebido por aí. E não parece nada confortável. Então, tamanho é documento para você?

4. Ereção por oral é melhor

Alguns estudos e testes apontam que os homens que obtém ereção maior quando criada a partir do sexo oral do que os que são produzidas de outras formas.

5. Escolhas podem torná-los mais sujeitos à disfunção

Abusar de drogas, do álcool e dos cigarros, praticamente garante um lugar aos homens na fila daqueles com disfunção erétil, algo tão temido por todos eles. Manter o corpo livre do excesso de peso, de certos tipos de medicamentos e de drogas lícitas ou não, é uma ótima maneira de ganhar mais alguns anos funcionando.

6. A média nacional é de 15

Os brasileiros adoram encher a própria bola, mas a realidade é que o tamanho médio da ereção deles é de 14,5 a 16 centímetros, o que não é ruim. Afinal, o canal vaginal suporta tranquilamente entre 15 e 18 centímetros mais ou menos.

7. Acontecem cedo

Isso pode chocar muitas mães, mas as ereções são tão involuntárias que acontecem até na barriga. Isso mesmo. Os bebês podem ter ereções no útero!

8. A falta dela pode ser um alerta

A disfunção erétil pode sinalizar um problema sério de saúde. A ausência das ereções ou dificuldade de mantê-las pode ter tudo a ver com algo maior, isto é, doenças cardíacas, colesterol alto, diabetes e outras coisas.

9. São desnecessárias?

Aparentemente sim, ao menos para eles. Já foi comprovado que as ereções não são necessárias para que os homens possam gozar e ejacular.

10. Os pequenos criam ereções maiores

Algumas pesquisas apontam que os homens com pênis menores têm ereções que aumentam o tamanho do pênis em mais de 80% enquanto os maiores têm um crescimento inferior a 50%. Assim, os membros menores podem guardar algumas surpresinhas. Não os subestimem!

Você já sabia como funcionava a ereção? Alguma dessas curiosidades te surpreendeu? Lidar com as partes mais sensíveis do corpo masculino requer mais cuidado e atenção do que se imagina, mas são muito divertidas de manipular.